Plmx Park

Motocross, Velocross, Oficina e Bar.
Aberto de segunda a sábado, das 9h as 18h

Month: janeiro 2015

Eli Tomac e Cooper Webb vencem na segunda etapa do AMA Supercross 2015, em Phoenix, Arizona

tomac_phoenix

Em uma pista travada, de chão muito duro, costelas grandes e rampas maiores que na primeira etapa, Eli Tomac e Cooper Webb brilharam e venceram a segunda etapa do AMA Supercross 2015, realizada neste sábado, 10, em Phoenix, estado do Arizona.

Ambos chegaram a suas primeiras vitórias na carreira em suas respectivas categorias: Tomac na 450 e Webb na 250. E após maus resultados na rodada de abertura, ambos se recuperaram na classificação do campeonato.

>>> Acesse a classificação atualizada aqui!

A disputa mais interessante da noite aconteceu na final da 450. Tomac e Ken Roczen reeditaram o duelo que tiveram na 250 em temporadas passadas. E mais uma vez o piloto Honda levou a melhor.

>>> Assista aos vídeos das corridas!

Abaixo você confere o resumo do que aconteceu na noite. O BRMX mais uma vez apresentou a transmissão ao vivo de todo o evento.

:: Próxima etapa
Sábado que vem, dia 17, tem mais AMA SX ao vivo no BRMX. A terceira etapa acontece em Anaheim, outra vez no Angel Stadium, mesmo local onde rolou a abertura do campeonato. Fique ligado!

>>> Acesse o calendário de competições

Resumo das provas

:: Heat 1 (classificatória 1) / 250

bowers_phoenix

A noite começou emocionante. Na primeira corrida, Tyler Bowers (foto) e Justin Hill fizeram uma bela disputa pela vitória da Classificatória 1 (Heat 1). Saltaram lado a lado, dividiram curvas e com ultrapassagens limpas proporcionaram um belo espetáculo. Bowers começou na frente, Justin Hill fez a ultrapassagem, Bowers deu o troco, e na última curva, Hill passou e venceu! > Resultado da bateria aqui

:: Heat 2 (classificatória 2) / 250

nelson_phoenix

Jessy Nelson (foto) comandou a classificatória com tranquilidade, enquanto Zach Osborne e Malcolm Stewart caíram na primeira volta e tiveram que encarar a repescagem para chegar à final. > Resultado da bateria aqui

:: Heat 1 (classificatória 1) / 450

coleseely_phoenix

Cole Seely (foto) largou na frente para vencer sua primeira bateria classificatória de 450. Roczen largou por volta da décima posição e até buscou algumas colocações. Chegou no quinto colocado, Broc Tickle, mas não foi capaz de fazer a ultrapassagem. Na frente, ainda estavam Trey Canard, Justin Barcia e Ryan Dungey. Assim, Roczen ficou fora dos quatro que passavam direto para a final. > Resultado da bateria aqui

:: Heat 2 (classificatória 2) / 450

grant_phoenix

Tomac, que fez o melhor tempo nos treinos, saiu na frente e abriu vantagem para vencer sua segunda classificatória em 2015. Destaque para a disputa entre Chad Reed, Justin Brayton, Josh Grant (foto) e Weston Peick pela última das quatro vagas diretas para o Main Event. Melhor para Reed e Brayton! > Resultado da bateria aqui

Resultados das finais

:: 250

webb_phoenix

Zach Osborne, Malcolm Stewart e Cooper Webb largaram juntos na frente. Stewart assumiu a dianteira na segunda curva e parecia que ganharia a corrida!

Mas havia Cooper Webb. Ele conquistou a segunda posição na segunda volta ao ultrapassar Osborne e partiu com velocidade até alcançar Malcolm na quarta volta. Chegou e passou!

Jessy Nelson, vencedor da etapa de abertura, saiu em quarto e partiu pra cima dos ponteiros. Fazendo um traçado fechado, priorizando o traçado por dentro na maioria das curvas, ultrapassou Osborne pela terceira colocação na quarta volta. Mais tarde encostou em Malcolm e deu trabalho para o irmão do Bubba, mas não teve êxito e acabou em terceiro.

Destaque também para Tyler Bowers, que largou muito mal mas conseguiu se recuperar e finalizar a rodada em quarto.

:: Resultado da 250 (Main Event)
resultado_phoenix_250

:: 450

roczen94_phoenix

Eli Tomac fez o holeshot, mas tomou a ultrapassagem de Ken Roczen na terceira curva. Ryan Dungey aparecia em terceiro, atacando Tomac na primeira volta. Porém, na briga, Dungey acabou perdendo posição para Weston Peick.

Tomac seguiu na caça de Roczen. Colocou pressão em Kenny na sétima volta. Brigou por duas voltas até passar o alemão e abrir vantagem em direção a sua primeira vitória na carreira de 450!

:: Resultado da 450 (Main Event)
resultado_phoenix_450

Outros destaques

plessinger_phoenix

peick_a1

Jean Ramos fica fora da final

jeanramos_phoenix

O brasileiro viveu uma noite difícil. Depois de fazer o 23º melhor tempo nos treinos classificatórios, foi para a Heat 2 tentar uma classificação para a final. Largou bem, por volta da sexta colocação, mas se envolveu em um acidente e abandonou a prova. Mais tarde, voltou para a LCQ (repescagem), mas fez uma largada ruim e acabou na 19ª colocação, sendo que apenas os 4 melhores pasasam para a final.

“Voltar pra casa e tentar novamente. Tive dificuldade o dia todo com a moto e a pista. Vamos pra próxima!”, escreveu Jean em seu perfil de Instagram após a corrida.

Assim, fica para a terceira etapa a missão de chegar ao Main Event da categoria 250SX. Em duas rodadas, Jean ainda não conseguiu mostrar todo seu potencial nos Estados Unidos. Quem sabe na próxima?

>>> Resultado do treino de Jean Ramos
>>> Resultado da Heat 2
>>> Resultado da LCQ

1º Etapa do AMA SX 2015 em Anaheim – Califórnia

kenroczen_a1_amasx

 

Quem teve paciência, força de vontade e INSÔNIA, acompanhou na madrugada deste domingo, 4, a abertura do AMA Supercross 2015 direto de Anaheim, Califórnia, Estados Unidos. O BRMX apresentou a transmissão oficial do evento ao vivo em duas plataformas (no site e na fanpage do Facebook), dando opções diversas para o fã de esporte acompanhar o campeonato mais badalado do mundo. E milhares de pessoas ficaram grudadas em frente a seus computadores, tablets, smartphones e televisores para assistirem as vitórias de Jessy Nelson na 250 e Ken Roczen na 450.

A mudança de moto – da Honda para a KTM – fez bem para a equipe Troy Lee Desings e para Jessy Nelson. O garoto do número #28 conquistou sua primeira vitória (e seu primeiro pódio) da carreira com certa tranquilidade, enquanto nomes como Cooper Webb e Josh Hansen tiverem estreias mais POBRES.

Já na 450, a marca da moto mudou, mas o piloto no topo do pódio é o mesmo do ano passado. Ken Roczen, que havia vencido Anaheim 1 em 2014 com uma KTM, ganhou em 2015 com uma Suzuki. O jovem alemão se coloca assim como o primeiro “homem a ser batido” na Era pós-Villopoto, tomando pra si o favoritismo para a segunda etapa, que acontece já no próximo sábado, 10, em Phoenix, Arizona.

 

A estreia de Jean Ramos levou emoção aos fãs brasileiros que ficaram acordados na madrugada. Carregando o numeral 789 em sua Yamaha, Jean chegou perto da classificação para a final.

Nos treinos da tarde, o brasileiro cravou o melhor tempo do Grupo C (a 20ª melhor volta entre todos os inscritos). Depois, na primeira classificatória (Heat 1), largou no pelotão intermediário, chegou à décima posição e caiu na parte de areia da pista (se tivesse ficado entre os 9 primeiros, classificava direto pra final).

Então Jean foi para a repescagem (LCQ). Largou por volta da oitava posição, fez ultrapassagens importantes e chegou à quarta colocação, atrás apenas de Zach Osborne, Malcolm Stewart e Darryn Durham, todos pilotos de equipes de fábrica. Nesta colocação, Jean garantiria sua vaga na final, mas o paranaense caiu na última volta ao saltar “curto” em um triplo e disse adeus ao Main Event de A1.

– Faltou pouco. Tinha velocidade e estava me sentindo muito bem na pista. Dois erros meus me tiraram da final! Vamos pra próxima ‪#‎gobigorgohome‬ – declarou Jean após a corrida em seu perfil de Instagram.

>>> Clique aqui para ver o resultado do treino
>>> Clique aqui para ver o resultado da Heat 1
>>> Clique aqui para ver o resultado da LCQ

 

Próxima etapa

A segunda etapa do AMA SX acontece no próximo sábado, 10, em Arizona, Phoenix, com transmissão ao vivo aqui no BRMX!

 

 

250 Main Event

jessynelson_a1_amasx

 

Jessy Nelson largou na frente e nunca mais olhou para trás, vencendo a corrida de ponta a ponta. Atrás dele, Zach Osborne e Josh Hansen foram os primeiros a brigar pelo pódio. Tyler Bowers e Justin Hill, que venceram as classificatórias, largaram por volta da quinta colocação e logo se juntaram aos ponteiros, com certa vantagem para Hill, que se recuperou bem e acabou ultrapassando Bowers e Hansen perto da metade da corrida.

Na décima volta, porém, Bowers deu o troco em Hill e recuperou a terceira colocação, enquanto Josh Hansen perdeu terreno volta a volta e acabou em nono. Osborne se manteve confortável em segundo, mesmo com o dedo machucado após acidente na sua classificatória.

A nota negativa na 250 fica por conta dos acidentes. Primeiro Cooper Webb, Malcolm Stewart e Austin Politelli se envolveram em uma queda ainda no início da prova, o que prejudicou demais o resultado dos três. Mais tarde, Darryn Durham e Cole Martinez também caíram e abandonaram.

 

Resultado – 250
resultado_amasx_a1_250

O que todos esperam é que a segunda rodada tenha mais emoção do que a primeira, principalmente na 450. Roczen foi absoluto ao tomar a liderança de Andrew Short ainda na primeira volta e sumir na frente para sua vitória. Talvez a maior surpresa tenha sido a segunda colocação de Jason Anderson, que estreava na categoria 450 e com a Husqvarna no AMA SX. Mais atrás, uma briga interessante pela terceira colocação entre Short, Trey Canard e Ryan Dungey colocou um pouco de tempero à corrida. Canard levou a melhor e acabou no pódio.

Tomac, Baggett, Barcia, Reed, Wilson tiveram inícios ruins. Tomac estava em sexto quando caiu e foi parar na última posição. Depois caiu de novo e teve seu resultado muito prejudicado. Algo semelhante aconteceu com Davi Millsaps, que também caiu quando brigava pelo top 5 e acabou apenas em 19º.

 

Resultado 450
resultado_amasx_a1